segunda-feira, 15 de setembro de 2014

EXPEDIÇÃO PATAGÔNIA - RESUMO E IMPRESSÕES


Finalizando as postagens sobre a Expedição Patagônia apresentamos o balanço geral da viagem, com números, impressões e recomendações desta viagem. 
Há muito tempo tínhamos o sonho de fazer um roteiro pela Patagônia de carro.   

Depois de algumas pesquisas resolvemos começar o roteiro pela Carretera Austral.

No geral o planejamento funcionou, entretanto as condições climáticas e danos no veículo acabaram prejudicando uma parte do roteiro.
 
OS NÚMEROS

Saída: 04/03/2014 às 15:23 horas
Chegada: 24/03/2014 às 15:30 horas
Total: 20 dias de viagem
Veículo utilizado: Clio flex 1.0 mod 2012 
Distância percorrida: 10.684 km

Percurso em estrada de chão: 751 km
Combustível utilizado:  617,63 litros de gasolina
Consumo médio km/l: 17,18
Outros meios de transportes utilizados: 79 km em balsas
Local de saída/chegada: Lages, SC
Fotos: Nikon D40 (657), Nikon D7000 (1.929) = 2.586 fotos

Distancias percorridas por país:
Argentina: 7.268 km
Chile: 1.068 km
Uruguai: 710 km
Brasil: 1.638 km

Número de dias em cada país:
Argentina: 10,5
Chile: 5
Brasil: 2,5

Uruguai: 2

Número de hospedagens por país:
Argentina: 11
Chile: 5
Brasil: 3

Uruguai: 1

SURPRESA
  

Lugares cuja beleza nos surpreenderam:
Hornopirén; Ventisquero Colgante; Valle rio Cisnes; Valle Rio Simpson; Cerro Castillo; Lago Buenos Aires; El Chaltén; os lobos marinhos em Caleta Olívia; Las Grutas em San Antonio Oeste e Colônia do Sacramento.

 DECEPÇÃO

Tivemos duas decepções resultantes das condições climáticas. Não pudemos apreciar adequadamente a região dos fiordes chilenos e nem Torres del Paine.

MELHORES MOMENTOS

Nesta viagem tivemos muitos momentos marcantes. 

O Parque Queulat com seu Ventisquero Colgante.
O cativante sorriso da simpática ciclista francesa Marion numa curva da Carretera Austral. Apesar das dificuldades sua simpatia nos cativou.
Fazer o lanche do dia no meio da tarde numa lanchonete móvel em Villa Amengual.
O fantástico visual de Cerro Castillo.
Encontrar Pedro Nalesso, solitário clicista catarinense num final de tarde nas montanhas da Ruta 40.
Fotografar um casal de Huemul perto do Lago Desierto em El Chaltén. 
Ter o privilégio de encontrar uma colônia de leões marinhos ao lado da rodovia, em Caleta Olívia.
Ter a oportunidade de ter desfrutado de momentos maravilhosos com nossa saudosa amiga Cristina. 

PIORES MOMENTOS

Em toda viagem sempre acontece algo desagradável e nesta não poderia ser diferente.
O primeiro momento desagradável foi chegar em Perito Moreno e descobrir que o carro estava sem marcha ré. O pior foi rodar mais de 6.000 km nestas condições.

Depois de rodar mais de 500 km em estrada de chão, um dos pneus não suportou e criou bolhas, descoberto só em El Calafate.
Passamos momentos de sufoco antes de chegar a Piedrabuena, pois o carro chegou com o combustível no limite. Não dá para abusar na Patagônia, pois as distancias são enormes e é normal alguns postos ficarem sem combustível.

MICOS

Numa viagem longa e cansativa acontecem episódios engraçados e às vezes verdadeiros micos.

Em El Chaltén erramos a estrada para o Lago Desierto, atravessamos um pontilhão de madeira e no outro lado não tinha espaço para manobrar. Ainda por cima o carro sem ré. Foi o maior sufoco e muita força nas pernas para manobrar o carro.
O outro mico foi em Puerto San Julian, onde uma viatura da polícia estacionou na frente do carro e ficamos torcendo para saírem logo, pois o carro estava sem marcha ré e não tínhamos como manobrar.


RECOMENDAÇÕES

As atrações turísticas que recomendamos para serem visitadas são:
Ventisquero Colgante no Parque Nacional Queulat, Valle Simpson e Cerro Castillo na Carretera Austral.

El Chaltén, Lago Desierto e Las Grutas na Argentina.
Colônia do Sacramento no Uruguai. 

Fotos das flores fotografadas durante a Expedição Patagônia no link:  http://digiphotus.com/2014/10/03/flores-da-patagonia/


Viajar é conhecer paisagens, pessoas e culturas diferentes.
Para quem pretende ter uma experiência deste tipo, recomendamos  planejamento, pesquisas, espírito aventureiro e dedicação para colocar estas informações à disposição de todos os que irão participar da aventura.


Mapa do roteiro da Expedição traçado no OSRM:

OSORIO A PAINEL

Olá Pessoal

Saímos as 7:18 horas de 24/03/14 de Osório com destino a Painel. 
Paramos num posto da BR-101 para tomar o café da manhã.

Completamos o tanque com 35,29 litros de gasolina num BR de Osório, tendo percorrido 573 km desde o abastecimento no BR de Santa Vitória do Palmar, perfazendo uma média de 16,24 km/l.

Seguimos pela BR-101 até o entroncamento com a Rota do Sol, onde seguimos pela ERS-486 na direção da serra até Tainhas, onde seguimos pela BR-453 até o entroncamento com a ERS-110.

Seguimos pela ERS-110 até Bom Jesus. Neste trecho há 20 km sem pavimentação em regular estado de conservação.
Em Bom Jesus seguimos pela BR-285 até São José dos Ausentes. Então tomamos a ERS-020 na direção de São Joaquim. A partir daí são 73 km de estrada de chão em estado de conservação ruim.

Paramos em São José do Silveira para almoçar. Daí seguimos na direção do Luizinho e São Joaquim.
Paisagem típica de São José do Silveira


Chegamos em casa as 15:30 horas com o odômetro marcando 54.269.

Em 25/03/14 completamos o tanque com 22,5 litros de gasolina num BR de Lages, tendo percorrido 387 km desde o abastecimento no BR de Osório, perfazendo uma média de 17,2 km/l.


Neste trecho percorremos 351 km( 93 km em estrada de chão). Desde o início da Expedição já percorremos 10684 km, sendo 10605 km com o Clio ( 751 km em estrada de chão) e 79 km em balsa.

Trilhas de GPS deste trecho:
https://www.openstreetmap.org/user/jairo58/traces/1714772 


Mapa do roteiro traçado no OSRM:


Até mais

Equipe DigiPhotus

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

CHUI A OSORIO

Olá Pessoal

Saímos As 8:15 horas de 23/03/14 de Chuí  com destino a Osório. Seguimos pela BR-471 até Santa Vitória do Palmar, onde entramos para abastecer.

Completamos o tanque com 34,7 litros de gasolina no BR de Santa Vitória do Palmar, tendo percorrido 1.034 km desde o abastecimento no YPF ACA de Zarate, perfazendo uma média de 17,32 km/l.

Seguimos pela BR-471 na direção de Rio Grande. A passagem pelo banhado do Taim é sempre oportunidade para fotografar a fauna da região.

Ainda na região do Taim encontramos o Will Dugan, americano que estava começando sua cruzada pelo litoral brasileiro de bicicleta. Desejamos boa caminhada para o Will.
DSC_8100
Will Dugan em sua cruzada pelo litoral brasileiro
Na localidade de Quinta mudamos para a BR-392 seguindo com destino ao porto de Rio Grande para fazer a travessia de balsa para São José do Norte.

Por sorte chegamos no horário e não ficamos esperando muito tempo para embarcar. A bonita travessia de 5 km demora em torno de 30 min.

Logo após a travessia fomos almoçar num restaurante de rodízio de frutos do mar. Como é bom uma comidinha brasileira.

Depois do almoço fomos conhecer o centro histórico de São José do Norte. Aí seguimos pela RSC-101, prolongamento da BR-101 de São José do Norte a Osório.

Alguns quilômetros adiante encontramos a Luiza Schlemper e um grupo de cavaleiros fazendo sua cavalgada dominical.
DSC_8193
Luiza Schlemper e amigos em sua cavalgada dominical
A principal atração deste trecho é o Parque Nacional da Lagoa do Peixe, em Tavares. O acesso ao parque fica 9 km ao norte de Tavares e é bom ficar bem atento, pois não há sinalização.
A estradinha é precária, mas a profusão de aves aquáticas vale muito a pena. Da rodovia até a praia são 9 km de estrada de areia com 3 pontilhões muito precários. Com automóvel sem ré foi de assustar.
DSC_8224
Um dos pontilhões da estradinha da Lagoa do Peixe
Depois da Lagoa do Peixe seguimos viagem pela RSC-101 no sentido norte. Depois de Mostardas as opções de hospedagem são precárias e a estrada está em péssimas condições.
Anoitecemos perto de Palmares do Sul, mesmo cansados, fomos obrigados a tocar até Osório.

Conseguimos hospedagem somente as 22:00 horas em Osório.

Neste trecho percorremos 591 km com o Clio( 14 km em estrada de chão) e 5 km de balsa. Desde o início da Expedição já percorremos 10333 km, sendo 10254 km com o Clio ( 658 km em estrada de chão) e 79 km em balsa.

Trilhas de GPS deste trecho:
https://www.openstreetmap.org/user/jairo58/traces/1698595 


Mapa do roteiro traçado no OSRM:


Até mais

Equipe DigiPhotus